URPV virou lixão

URPV virou lixão

SAC Nenhum comentário em URPV virou lixão

URPV virou lixão

Nos fins de semana a URPV permanece fechada e população deixa os inservíveis no portão

Este problema é recorrente e pelo visto não tem solução. Vizinhos da Unidade de Recolhimento de Pequenos Volumes (URPV) da Basílio da Gama no Tupi tem convivido com o lixo depositado nos fins de semana no portão da unidade. Criado em 1995, o programa oferece à população a possibilidade de entregar esses materiais gratuitamente ou contratar um carroceiro para buscá-los. Durante algum tempo o serviço funcionou bem e acabou com os bota-foras clandestinos espalhados pelos bairros da regional norte.
Os vizinhos da URPV do Tupi reclamam com frequência da situação junto à Prefeitura de Belo Horizonte,mas não encontram resposta por parte do município. “Fazer denuncias no telefone 156 da PBH não resolve”, disse um morador que pediu sigilo do seu nome. A situação está pior a cada dia, conta outro morador. “Jogam lixo aqui na porta que o entope a boca de lobo e com as chuvas a rua fica inundada pois não tem onde escoar”, disse outro morador.

O problema é maior nos fins de semana quando a URPV fica fechada e abandonada e os vizinhos ficam convivendo com lixo e até animal morto.
Procurada a SLU não se manifestou até o encerramento desta edição.

 

 

Author

Jornal COMUNIDADE EM AÇÃO LTDA

O Jornal COMUNIDADE EM AÇÃO foi criado em outubro de 1996 com o fim de atender as demandas da comunidade e ser um veículo de comunicação onde os questionamentos encontrassem receptividade. O Jornal é reconhecido pelo seu prestígio, credibilidade editorial circulando nos bairros da regional Norte de Belo Horizonte / MG.

Related Articles

Leave a comment

Back to Top